eletrico-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-startups-mobilidade-eletrica-eletricmove-feira-caxias-rs-aldo-rosa-1
CNDL
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
eletrico-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-startups-ecossistema-aldo-rosa-ceo-palestrante-mobilidade-eletrica-carros-onibus-caminhao-ve-latino-americano-1
eletrico-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-startups-ecossistema-aldo-rosa-ceo-palestrante-mobilidade-eletrica-carros-onibus-caminhao-c-move-minas-fiat

1º Fórum ESG e Inovação da Câmara Brasil Alemanha no dia 01.11.23 no Instituto Goethe em Porto Alegre

1º Fórum ESG e Inovação da Câmara Brasil Alemanha no dia 01.11.23 no Instituto Goethe em Porto Alegre

1º Fórum ESG e Inovação: Como as duas práticas impactam no sucesso dos negócios?

01.11.23 das 8 às 12h

Evento presencial no Instituto Goethe
Porto Alegre – RS


Descrição do evento

Os últimos tempos, o ESG tem ganhado visibilidade, sendo amplamente adotado no mundo corporativo. O termo foi cunhado em 2004 em um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU), elaborado após um Pacto Global. O relatório destacou a necessidade de integrar fatores ambientais, sociais e de governança que geram, não apenas a rentabilidade de negócios, mas também sua sustentabilidade a longo prazo. Se enquadrar aos critérios ESG permite que as organizações minimizem os impactos negativos e potencializem os positivos, promovendo, consequentemente, melhores resultados na performance do negócio. Ao adotar práticas inovadoras do ESG, as empresas conseguem criar novos modelos de negócio em tempos de mudanças complexas.

ESG (do inglês Environmental, Social and Governance) diz respeito ao conjunto de práticas e informações socioambientais e de governança que apoiam a tomada de decisão nas organizações para orientar investimentos, ações e projetos. Adotar as práticas de ESG inspira a inovação nas organizações. Em uma economia sustentável, a atuação focada apenas em métricas financeiras se torna ultrapassada e uma nova visão de negócio se torna a regra de mercado.


Programação Preliminar

8h00 – Credenciamento

8h30- Boas vindas

8h40 – Inovar a partir da aplicação dos princípios do ESG (Ambiental, Social e Governança)

9h20- ESG como vetor de estratégia organizacional e competitividade

Palestrante: Luiz Motta – CEO Excelsior Alimentos

9h50 – Intervalo

10h00 – Transição Energética e Mitigação dos impactos ambientais

Palestrante: Frederico Boschin – Diretor Executivo da Noale Energia

10h30 – Governança ESG: lucro, propósito e governança alinhados

Palestrante: Luís Humberto M. Villwock – Head do CELEIRO Agrohub – PUCRS

11h00 – Painel: Agenda ESG e tendências: Estratégias de Implementação e perspectiva econômica.

Painelistas:

Fábio Borges Lopes – Case Asun

Tiago Agne – Gerente de Sustentabilidade SLC – Sustentabilidade conectada a estratégia de negócio


Palestrantes

Frederico Boschin
Diretor Executivo da Noale Energia e Sócio da Ferrari Boschin Advogados. Advogado especialista no Setor Elétrico com 18 anos de experiência no mercado. Atua na estruturação de projetos por fontes renováveis (Eólica, RSU, Biomassa, CGHs/PCHs e Solar), bem como no desenho de modelos de negócios para os Mercados Regulado (ACR), Livre (ACL) e Geração Distribuída.

Fábio Borges Lopes
Engenheiro Civil, com MBA em Gestão de Projetos e cursando L.L.M em Advocacia Corporativa; Certificado PMP e PMO-CP (Certificação Project Management Professional e PMO Certified Practitioner); Perfil focado na execução de atividades técnicas com práticas de Gerenciamento de Projetos e Portfólio; No histórico profissional, atuação em empresas como Eletrobrás, PDG, Cyrela, Grupo RBS, Auxiliadora Predial e professor no SENAC; Atualmente atua na expansão d Atualmente atua na expansão de redes do varejo supermercadista, mercado Pet, imobiliário e no segmento de biogás;

Liz Motta
Natural do Rio de Janeiro, tem 44 anos, casado e pai de duas meninas. É graduado em Economia pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e pós graduado em Negócios Internacionais pela FAE Business School. Atua há mais de 20 anos na indústria alimentícia, tendo trabalhado em cargos de liderança na BRF, Marfrig e JBS. Foi diretor de marcas premium na Seara, CEO na La Violetera e desde 2022 ocupa o cargo de diretor presidente na Excelsior Alimentos.

Tiago Agne
Engenheiro Florestal, com Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho e MBA em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Experiência de 18 anos em temas relacionados a EHS e Sustentabilidade, dos quais 15 anos na SLC Agricola, atualmente como Gerente de Sustentabilidade; Coordenador da Task Force Brazil da RTRS – Round Table on Responsible Soy; Membro da Plataforma pelo Agro Sustentável do Pacto Global da ONU no Brasil; Membro do Squad de ESG do IGBC, do Comitê de Sustentabilidade da Amcham e participante das Plataformas de Inovação Amcham Angels e Amcham Arena.

Luiz Humberto Willwock
Especialista em desenvolvimento de Ecossistemas de inovação com ênfase em territórios e agronegócios. Doutor em Administração, com ênfase em Estratégia e Competitividade. Mestre em economia Rural, especialista em Comércio Exterior e Engenheiro Agrônomo. Atua como Assessor de superintendência de Inovação e Desenvolvimento da PUC R / Tecnopuc. Head do Celeiro AgroHub, Coordenador da Riagro/RS e professor adjunto da Escola de Negócios da PUC RS.


Inscrições:
https://www.sympla.com.br/evento/1-forum-esg-e-inovacao-como-as-duas-praticas-impactam-no-sucesso-dos-negocios/2120025


Realização:
https://www.ahkrs.com.br/pt/