eletrico-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-startups-mobilidade-eletrica-eletricmove-feira-caxias-rs-aldo-rosa-1
transporte-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ntc-logisitica-cnt-comjovem-sest-senat-sp-frotas-conectadas-aldo-rosa-3
eletrico-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-startups-ecossistema-mobilidade-cidades-inteligentes-aldo-rosa-1
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-esg-ia-innovation-trends-brazil-cni-cna-cnc-hub-startups-web-summit-rio-janeiro-rj-melanie-nakagawa-microsoft-itau-aldo-rosa-1
CNDL

BYD Dolphin Mini já está em pré-venda no Brasil com bônus de R$ 10 mil

BYD Dolphin Mini já está em pré-venda no Brasil com bônus de R$ 10 mil

Elétrico de entrada da BYD foi apresentado no programa Domingão da TV Globo e já pode ser reservado pelo Mercado Livre

Por: Julio Cesar

O BYD Dolphin Mini já está disponível para reservas no Brasil. O carro elétrico urbano que é o modelo mais barato da BYD está em pré-venda online pela plataforma Mercado Livre. A montadora chinesa está ofertando um lote inicial faltando poucos dias para o lançamento oficial, que ocorrerá no próximo dia 28 de fevereiro.

O anúncio foi feito na noite deste domingo (25) durante o programa Domingão com Luciano Huck na TV Globo, quando o carro elétrico foi mostrado pela primeira vez de forma oficial no Brasil.

Quem estiver interessado em receber as primeiras unidades do carro elétrico de entrada poderá fazer uma reserva no Mercado Livre – conforme anunciado, os primeiros compradores terão um bônus de R$ 10.000. O preço oficial ainda não foi divulgado, mas o InsideEVs Brasil já apurou junto a concessionários que o compacto chinês será bastante competitivo.

Inicialmente, apuramos que o preço de tabela do Dolphin Mini seria a partir de R$ 98.900, o que, por si só, já garantiria o título de carro elétrico mais barato do Brasil. No entanto, há um ponto a ser atacado que é o fato do modelo vir na configuração de quatro lugares.

Dessa forma, segundo concessionários ouvidos por InsideEVs.com, o segundo lote chegará trazendo unidades com 5 lugares, ainda em homologação. Por este fato, os primeiros compradores seriam beneficiados com um preço ainda mais atrativo de R$ 89 mil, o que explica o bônus de R$ 10 mil anunciado hoje.

Não está claro se a BYD manterá em seu catálogo futuramente as configurações com 4 lugares. Fato é que com 5, o carro elétrico de entrada da marca se credenciará também como opção para motoristas de aplicativos, o que ampliará em muito seu potencial de vendas.

Elétrico para todos

Não resta dúvida que o Dolphin Mini é um dos lançamentos mais aguardados do ano, e não apenas no segmento de carros elétricos. Ele atraiu as atenções pelo vislumbre de termos elétricos bem equipados com preço na faixa de R$ 100 mil pela primeira vez. Mas o pequeno BYD vai além: foi construído em uma plataforma dedicada para veículos elétricos, possui um trem de força e conjunto de baterias com boa eficiência energética, além de ter uma lista de equipamentos de segmento acima e espaço adequado para a proposta.

Um pouco maior que um Renault Kwid, por exemplo, o Dolphin Mini mede 3,78 metros de comprimento, mas tem entre-eixos de 2,50 metros, que fica próximo ao de compactos como Hyundai HB20 e Chevrolet Onix, se refletindo em espaço interno mais adequado.

Na China, ele é produzido em duas versões e a diferença principal fica por conta da bateria: com capacidade de 30 kWh na primeira e 38,8 kWh na segunda. A autonomia varia entre 300 km e 400 km de acordo com o ciclo chinês de medição. Por aqui, a página de pré-venda do Mercado Livre informa o modelo com 280 km de alcance pelo padrão Inmetro para a bateria maior, número que na prática deve ficar entre 300 e 350 km.

Sempre equipado com o motor elétrico de 55 kW (75 cv) de potência e 13,7 kgfm de torque, o elétrico urbano pode acelerar de 0 a 100 km/h em 14,9 segundos e atingir 130 km/h de velocidade máxima.

E como dissemos, o pacote de equipamentos é inédito para um subcompacto de entrada no Brasil: controle de cruzeiro adaptativo, assistente de permanência em faixa e frenagem automática de emergência e 6 airbags.

Sucesso na China, onde foi lançado no início de 2023, o BYD Dolphin Mini foi o carro elétrico mais vendido da marca em fevereiro, o que mostra o seu potencial. O lançamento oficial no Brasil será no próximo dia 28. Mas e aí? Será o pequeno BYD provocará mesmo uma revolução no mercado, afetando até mesmo os compactos flex?

https://insideevs.uol.com.br/