eletrico-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-startups-mobilidade-eletrica-eletricmove-feira-caxias-rs-aldo-rosa-1
CNDL
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
eletrico-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-startups-ecossistema-aldo-rosa-ceo-palestrante-mobilidade-eletrica-carros-onibus-caminhao-ve-latino-americano-1
eletrico-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-startups-ecossistema-aldo-rosa-ceo-palestrante-mobilidade-eletrica-carros-onibus-caminhao-c-move-minas-fiat

Parque da Mobilidade Urbana nos dias 13 e 14.06.24 em São Paulo

Parque da Mobilidade Urbana nos dias 13 e 14.06.24 em São Paulo

PMU
https://parquedamobilidadeurbana.com.br/

O PARQUE DA MOBILIDADE URBANA

O Parque da Mobilidade Urbana tem o propósito de promover a mobilidade urbana sustentável, inclusiva e disruptiva. O evento conta com atividades que proporcionarão a experiência e reflexão para o desenvolvimento da mobilidade nas cidades além de discutir tendências e cenários da mobilidade para os próximos anos.

ONDE E QUANDO

O evento presencial será realizado nos dias 13 e 14 de junho de 2024 na ARCA em São Paulo. Com quase 9.000m2 de área total e 16m de pé-direito, o galpão onde hoje é a ARCA foi erguido na década de 1960 e teve papel fundamental no desenvolvimento urbano industrial de São Paulo. A ARCA tem como missão atrair e acolher todas as espécies da indústria criativa, e ser a catalisadora de uma transformação positiva para a cidade e a sociedade e é a parceira ideal do PMU que também compartilha da mesma visão.

PARA QUEM É?

O Parque da Mobilidade Urbana é o maior evento de Mobilidade Urbana da América Latina e tem o objetivo de reunir organizações comprometidas com o desenvolvimento da mobilidade urbana sustentável, disruptiva e inclusiva e permeia os diferentes atores que fazem parte desse contexto e permite que o assunto seja abordado por meio de diversas esferas. O evento conta com exposição de produtos, serviços e tecnologias; demonstrações interativas; test drive e test ride; atividades recreativas; espaços de convivência; e muito conteúdo relevante sobre esse universo.

EMPRESAS DO ECOSSISTEMA DE MOBILIDADE URBANA

As organizações desse setor têm um papel fundamental para as tendências que guiarão o mercado e a manutenção e desenvolvimento urbano – o que reflete no futuro das cidades e da própria mobilidade urbana. Para superar os desafios atuais da mobilidade é necessária a orquestração de diferentes iniciativas que dialoguem com todos os atores da esfera urbana. No amplo universo da mobilidade, aparecem negócios de todos os tipos: centenárias fabricantes de veículos, incluindo os micromodais, startups diversas, companhias de sistemas de transporte público de massa, transporte particular, mobilidade elétrica, seguradoras, consultorias, empresas ligadas à infraestrutura, entre outras.

SETORES DE EMPRESAS PARTICIPANTES DO PMU

Mobilidade elétrica
Mobilidade corporativa
Serviços para mobilidade
Acessibilidade
Transporte alternativo
Transporte coletivo
Compartilhamento
Tendências para a mobilidade
Inteligência de dados

Quais são as tendências observadas para a mobilidade urbana?

Planejamento urbano
Informações em tempo real
Integração de diferentes modais
Pagamento digital
Cooperação entre governo e setor privado
Pontos chaves para a mobilidade como um serviço

Desafios e oportunidades

Por que é necessário discutir mobilidade urbana com todos os atores?
Daqui a nove anos, o Brasil terá 225 milhões de habitantes e 90% da população estará concentrada em áreas urbanas. Até 2030, o mercado global de mobilidade crescerá cerca de 75% e atingirá um valor de US$ 26,6 trilhões. Para aumentar a eficiência e rapidez do deslocamento na cidade, combinar diferentes modais de transporte, sejam coletivos e individuais, é fundamental.

Qual é a matriz de transporte público do Brasil?
A matriz de transporte público no continente não varia muito de país a país: ônibus, metrô, trens e carros de passeio compõem a diversidade de opções para o transporte urbano de passageiros. Vale menção às motocicletas e bicicletas, que também contribuem na matriz de transporte de passageiros. Em São Paulo, por exemplo, o ônibus municipal é o meio de transporte utilizado com maior frequência por 32% dos paulistanos.

Por que é importante falar de inclusão?
A desigualdade entre o centro e a periferia da cidade torna o debate em torno da mobilidade por aqui também uma discussão de acessos. Em São Paulo, por exemplo, o carro é um artigo de luxo – que a mobilidade não pode depender, mas pode se beneficiar também para a inclusão. Nesse sentido, o principal novo papel do carro é conectar novas áreas aos centros urbanos por meio da sua integração aos modais massivos, uma função na qual ele pode ser eficiente – ainda mais sendo elétrico.

Qual é o papel do carro nesse cenário?
Se para a era da nova mobilidade o carro não é visto como o herói, tampouco é correto enxergá-lo como um vilão, ou seja, um elemento que coloca em risco as cidades sustentáveis. Manter um carro tem custos que vão além do combustível e na maior parte do tempo, não estamos efetivamente dirigindo ou nos deslocando. Além disso, a redução do uso também passa por questões ambientais. Então qual é o papel do carro na era da nova mobilidade? Como auxiliar para o meio de transporte massivo; integrado ao sistema de transporte e compartilhado e amigável ao meio ambiente. O carro é um meio de transporte importante, mas de uma nova forma: sob demanda e elétrico, ou seja, mais acessível, flexível e sustentável.